Blog

Novolhar anuncia curso anticorrupção para crianças de escola pública

“Um país sem corrupção depende da honestidade do seu povo”. Com o objetivo de reforçar o valor de uma afirmação que há anos circula na internet, a Associação Novolhar, organização sem fins lucrativos com sede no bairro da Bela Vista, em São Paulo, anuncia o Projeto de Educação Anticorrupção, uma iniciativa de conscientização para crianças desenvolvida na Escola Municipal de Ensino Fundamental Celso Leite Ribeiro Filho, na região do Bixiga. A proposta está alinhada às 70 medidas anticorrupção da Transparência Internacional. A aula inaugural, no dia 9 de agosto, foi dada pelo advogado Kleber Castro, especialista em Direito do Trabalho e com mais de 20 anos de experiência na área jurídico trabalhista.

Iniciativa de conscientização para crianças desenvolvida na Escola Municipal de Ensino Fundamental Celso Leite Ribeiro Filho

O programa, parte do Projeto Conexões Cidadãs, cujo propósito é engajar a comunidade em atividades que reforcem a ideia da coletividade como motor para grandes transformações, será realizado a partir deste mês. Participarão do projeto crianças de 10 anos de idade, estudantes do 5° Ano do Ensino Fundamental. Durante o programa de 4 meses, os alunos vão participar de oficinas de produção de comerciais para internet, cuja temática será a anticorrupção.

Durante as atividades, as crianças não só vão desenvolver o material final, um produto audiovisual, como também participarão de dinâmicas em grupo que vão abordar o tema corrupção nos mais diferentes níveis. O objetivo da Novolhar é conscientizar os alunos acerca de pequenos atos corriqueiros de corrupção que muitas vezes passam despercebidos pela comunidade. Ao final do projeto, os alunos vão produzir 12 comerciais, que serão exibidos em uma noite solene, onde serão escolhidos o melhor filme, melhor diretor, melhor roteiro, melhor ator etc. Toda a comunidade escolar participará do evento que vai celebrar os trabalhos dos estudantes.

“Articular crianças para gerar conhecimento e conectá-las com a realidade brasileira é uma maneira de incentivá-las a expressar suas opiniões e reafirmar suas identidades”, diz Paulo Santiago, fundador da Novolhar e líder do projeto. “O tema anticorrupção expressa conceitos e valores fundamentais à democracia e à cidadania e pretende trazer à tona um assunto de extrema importância para a sociedade”, completa.

As oficinas serão ministradas para um total de 120 crianças e serão organizadas em 16 encontros. Ao final do curso, o material produzido pelos estudantes servirá de base para uma exposição, composta por fotos, ilustrações e textos. Os filmes também serão exibidos na TV PUC do Canal Universitário de São Paulo.

O Projeto de Educação Anticorrupção é uma parceria da Associação Novolhar com a EMEF Celso Leite, Fundação Getulio Vargas, Receita Federal do Brasil e Controladoria Geral da União (CGU).

No Comments Yet


Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *